7 termos de Inbound Marketing que você deveria conhecer

No Comments

Independentemente se você é um gestor de Marketing, profissional da área ou estudante, e acredita em Marketing Digital, precisa conhecer um pouco mais sobre esse universo recheado de “curtir”, “compartilhar”, “preencha o formulário” e ter um vocabulário afiado. Por isso, listei 7 termos de Inbound Marketing importantes e que são muito usados em nossas campanhas e no dia-a-dia. Confira:

CTA – Call to Action

Os CTAs significam “chamada à uma ação”, ou seja são botões ou links que chamam o indivíduo a realizar uma ação, como por exemplo, a fazer um download de um documento ou a participar de um Webinar. Um Call to Action pode ser um texto, botão ou imagem, porém, devem conter a finalidade de encorajar a ação desejada.

Os tipos de CTAs variam de página para página e podem ser classificados da seguinte maneira:

Primários: Apela para a funcionalidade da página. Exemplo: Você deseja comprar uma mouse na Master Mídia e a página referente ao mouse que escolheu tem a funcionalidade de vendê-lo. Um claro exemplo de CTA primário nessa página é o botão de comprar/adicionar ao carrinho.
Secundários: Ainda utilizando o exemplo do mouse, uma boa opção de CTA secundário é oferecer produtos relacionados em um ponto estratégico da página. O foco principal da página do mouse é vendê-lo, entretanto, ela também poderá vender os produtos complementares – o foco secundário.

Se você não tem chamadas de ação ou sua chamadas de ação não são atraentes o suficiente, você não vai gerar potenciais clientes.

Conversão

A conversão acontece quando um visitante completa determinada ação em uma Blog ou Site. Assim que os visitantes estiverem em seu site, o próximo passo é convertê-los em clientes potenciais, coletando suas informações de contato. Mas, para que os seus visitantes ofereçam essa moeda de boa vontade, você precisa oferecer algo em troca. Calma, não estou falando de dinheiro, mas sim de um “pagamento” em forma de conteúdo, como: ebooks, documentos ou dicas, ou seja, qualquer informação que seja valiosa para o usuário.

As informações de contato são as moedas mais valiosas que podem existir para o seu negócio. Por isso, transforme cliques em clientes. Mostre a eles como resolver todos os problemas comprando a sua solução.

CPC – Custo por clique

CPC ou custo por clique é quanto você está pagando para obter uma visita em seu site vinda de algum canal na internet. Com os lances de CPC, você paga a cada clique em seus anúncios. Para campanhas de lances de CPC, você define um lance máximo de custo por clique (ou simplesmente “CPC máx.”) que é o maior valor que você deseja pagar por um clique em seu anúncio (a menos que você esteja definindo ajustes de lance ou usando o CPC otimizado). Esse tipo de mídia gera muito retorno caso haja um bom planejamento de marketing digital e ajudará principalmente no início da sua campanha de inbound marketing.

Landing Page

Uma pergunta muito comum de pessoas em relação a marketing digital é “O que é uma landing page?”. Em uma tradução livre do inglês podemos dizer que as landing pages são as páginas de aterrissagem, ou seja, a página de destino para determinado anúncio, e-mail ou divulgação em geral. A landing page é a página onde o usuário irá cair após ter realizado uma ação.

Mas para que servem?

Como já foi dito antes, estas são páginas de aterrissagem. O uso mais comum é utilizar as landing pages em campanhas online ou offline. A empresa vai usar essa página para receber as visitas de um link divulgado através de uma campanha de links patrocinados, em um banner ou mesmo em uma propaganda no jornal.

A empresa consegue obter mais dados extras referentes aos vistantes daquela campanha ou promoção. O principal objetivo acaba sendo oferecer uma página direcionada e otimizada para aquelas pessoas que estão “caindo de paraquedas” no site.

MQL (Marketing Qualified Leads)

É um estágio específico em que algumas leads se encontram. É onde as pessoas já sabem quais são seus problemas  e o que precisam para resolvê-los mas ainda estão em busca de uma empresa capaz de satisfazer suas necessidades.
Porém, essas leads já estão dispostas a conhecer sua empresa como uma solução para os problemas que encontrou. Elas já tiveram muito contato com o conteúdo fornecido e, por isso, estão mais qualificadas e educadas a respeito do seu produto ou serviço.

O segredo para gerar MQLs qualificados é fazer o processo de nutrição da melhor forma possível. Para que isso aconteça, é fundamental que a sua equipe de marketing consiga levar o conteúdo certo para a persona certa no momento certo!

Para isso, indicamos o uso de ferramentas de automação de marketing — elas são fundamentais para otimização do processo e do tempo de trabalho da sua equipe.

SQL (Sales Qualified Lead)

SQL ou Sales Qualified Lead são leads que estão qualificados para irem direto para sua equipe de vendas. Também são definidos como SQL, os leads que entraram em contato direto com sua empresa e geralmente já sabem o que querem. Esses leads já estão na fase final do ciclo de compra.

Nesse estágio, é possível encontrar as melhores opções em conversão de vendas e deixar que o seu time de vendas trabalhe em cima desses usuários. Trata-se de uma lead já educada pelo seu conteúdo e que entrará em contato com seus consultores.

De modo geral, trata-se de gerar relacionamento com seus leads. Após receber uma lista de SQLs, o time de vendas entrará em contato com a lead e trabalhará na conversão de vendas, é fundamental que seja feito com atenção e cuidado.

Personas

As personas são personagens fictícios do seu consumidor alvo, muitas vezes também conhecida como buyer personas. Definir as personas para sua empresa ajuda visualizar mais facilmente seu prospect ideal, seu comportamento, seu perfil demográfico e psicográfico.

As personas são excelentes para tomadas de decisões. São utilizadas em projetos centrados no usuário, definindo os objetivos e desejos dos reais usuários, orientando decisões como:

• Interface, navegação, recursos e demais elementos do projeto de design.

Resumindo: Você precisa pensar nos assuntos que a pessoa responsável pela compra do seu produto ou serviço possam estar interessadas, por exemplo os problemas que ela enfrenta no dia-a-dia relacionados a sua área de atuação. Assim, você terá mais dados e assuntos para abordar de forma mais assertiva o seu público-alvo.

O Inbound Marketing não é apenas um termo que “está na moda”, ele é a evolução da comunicação do cliente com a empresa. Agora você está mais informado sobre alguns dos termos mais usados em Inbound Marketing. Esses foram apenas 7 termos entre vários, pois trata-se de um conceito amplo e bem característico. Já os conhecia? Há outros que você gostaria de citar? Comenta aqui embaixo!

 

Profissional de Marketing Digital. Experiência com vendas, e estratégias de Marketing com finalidades de venda de produtos, serviços e ideias.

Sobre nós e este blog

Somos uma empresa de marketing digital com foco em ajudar nossos clientes a alcançar grandes resultados.

Solicite um orçamento

Oferecemos serviços profissionais que ajudam a sua empresa se destacar usando os meios digitais.

Inscreva-se em nossa lista!

Os campos marcados com * são obrigatórios

Últimas publicações

Veja todas as publicações
 

Deixe um comentário