O que são Comunidades Virtuais?

No Comments

Uma comunidade virtual é uma comunidade que estabelece relações através de meios de comunicação à distância. Uma comunidade virtual pode ser identificada pela união de um grupo de indivíduos com interesses em comum, que trocam informações e/ou experiência online.

Seja para conversar sobre assuntos triviais ou questões de saúde, a internet oferece todo o suporte e plataformas para unir essas pessoas. E, tratando-se de questões corporativas, essa ferramenta que reúne os interesses de uma comunidade também não fica de fora. Mas você sabe quais são os tipos de uma Comunidade Virtual? Então confira como ela pode ser uma poderosa aliada para os seus negócios.

Tipos de Comunidades Virtuais

As comunidades virtuais são agrupamentos sociais na internet de pessoas que mantém debate, interesses e afinidades em comum. Veja os tipos de Comunidades Virtuais no Infográfico abaixo:

As Comunidades Virtuais caracterizam-se pelos subtipos:

Fóruns

• Sites de compra e venda de produtos – em exemplos temos: OLX e Mercado Livre.

• Sites como o Yahoo! onde os usuários podem dar respostas, para perguntas gerais. Esse tipo de fórum é o mais comum e o mais utilizado.

• Fóruns de suporte técnico como os utilizados pela Microsoft para auxiliar os usuários de seus produtos com problemas usuais.

Salas de Chat e Redes Sociais Digitais

• WhatsApp, Instagram e o Facebook são as comunidades virtuais mais usadas pelas empresas, que são classificadas como comunidades de relacionamento e emergentes, pelo fato de apresentarem um alto grau de compartilhamento e interação nas redes.

• Você com certeza deve lembrar das antigas salas de chat: Bate-Papo Uol e o MSN, que foram muito utilizados no fim da década de 90, início dos anos 2000.

Papel de uma Comunidade Virtual

Elliot Volkman coloca várias categorias de usuários que tem seus papeis no ciclo da rede social, que são:

• Arquiteto – Cria a comunidade dizendo seus objetivos, cria o seu site e estrutura online.
• Administrador – Dita as regras, encoraja normas sociais, ajuda novos membros e divulga a comunidade.
• Membro pagante – Contribui com dinheiro com o propósito de manter a comunidade ativa, além de ser um membro contribuinte de conteúdo.
• Membro não-pagante – Contribui somente com conteúdo.
• Usuários de poder – Melhores amigos dos administradores, fazem propaganda de como a comunidade é boa para o público geral e contribui da melhor forma possível para a ambiente.
• Observadores Ativos: Usuários que não contribuem para a comunidade com conteúdo, mas consomem o conteúdo e compartilham em outras comunidades, os quais participam.
• Observadores Passivos: Não contribuem com conteúdo, nem compartilham, somente consomem.

Embora as Comunidades Virtuais possam trazer várias coisas boas, podem também causar problemas.

Clay Shirky explica isso como dois bambolês. Com a imersão das comunidades virtuais existe um bambolê “vida real” e outro “vida online”. Shirky ilustra isso com um encontro. Um grupo de pessoas vão se encontrar, mas elas também vão estar conectadas à internet, utilizando comunidades online como o Wikipédia.

As Comunidades Virtuais no seu negócio

Os resultados do bom funcionamento de uma comunidade Virtual não são tão facilmente mensuráveis.

Isso porque, não é uma ação de métricas e dados certeiros. Porém, quanto mais recursos você investir, mais os participantes poderão desfrutar da sua comunidade. Você pode perceber a diferença, se houver uma maior interação entre quem participa dela, se o engajamento estiver mais alto, e entre outros fatores.

A sua empresa já oferece uma boa Comunidade Virtual? Deixe seu comentário!

Profissional de Marketing Digital. Experiência com vendas, e estratégias de Marketing com finalidades de venda de produtos, serviços e ideias.

Sobre nós e este blog

Somos uma empresa de marketing digital com foco em ajudar nossos clientes a alcançar grandes resultados.

Solicite um orçamento

Oferecemos serviços profissionais que ajudam a sua empresa se destacar usando os meios digitais.

Inscreva-se em nossa lista!

Os campos marcados com * são obrigatórios

Últimas publicações

Veja todas as publicações
No Comments
 

Deixe um comentário